Gestores de Imobiliárias e Corretores curitibanos prestigiaram palestra sobre o PQI

Na manhã desta quinta-feira ocorreu, no centro de Curitiba, uma palestra sobre o Programa de Qualidade Imobiliária do sistema COFECI-CRECI (PQI). A palestra foi ministrada pelo palestrante Guilherme Kiellander, da Templum Consultoria. Na palestra, Guilherme tratou a respeito de situações diárias das imobiliárias que podem trazer melhor organização e resultados mais satisfatórios para a empresa que coordenam, além de tratar do Marketing Digital, explorando principalmente as vantagens que o Google pode trazer às empresas, se usado de maneira correta.

Análise dos processos, Marketing Digital Estratégico e Engajamento dos colaboradores

DSCN4508
Gestores e Corretores compareceram em bom número à palestra

Para iniciar a palestra, Guilherme falou a respeito da estratégia que os gestores devem utilizar para que façam-se valer entre os colaboradores das imobiliárias detalhes importantes da empresa, como Missão, Visão e Valores. Segundo o palestrante, o primeiro passo para definir o futuro da imobiliária, é fazer um diagnóstico completo do que acontece na empresa, e dos métodos utilizados para realização de um bom planejamento estratégico. 

“O principal é olhar para os processos, recursos, materiais e pessoas (da empresa), partindo de um planejamento estratégico, a partir do qual serão definidas as diretrizes para que se tracem os planos de ação que resultarão nos objetivos estratégicos definidos”, explicou. “Com o planejamento bem feito, definem-se os processos da área de recursos humanos, comercial, e os indicadores para medir se os resultados estão sendo efetivos ou não”, salientou, indicando que o que não se mede, não pode ser melhorado.

Foram demonstrados, ainda, alguns métodos práticos de avaliar o marketing digital das empresas, algo que, segundo o palestrante, é extremamente necessário nos dias de hoje. “Hoje, pelo menos 99% dos potenciais clientes do mercado imobiliário está na internet. Então é impossível ser encontrado sem se posicionar dentro da internet”, afirmou. “E se o gestor quer entrar neste jogo, ele precisa saber quais as regras, alinhando planejamento, objetivo estratégico, entre outros, para otimizar seu investimento nas suas campanhas”, definiu.

Para fechar, Guilherme falou a respeito do engajamento que os colaboradores das Imobiliárias devem ter. “O que move o Corretor é a oportunidade de fazer novos negócios. Então, quanto mais oportunidade o time comercial e os Corretores tiverem, mais motivados eles se sentirão. Assim, mais rápido serão as negociações e os fechamentos, o que se tornará um ciclo virtuoso”, finalizou.

Realização: IBREPTEC – Setor de Tecnologia Educacional do IBREP

Anúncios

Quatro países da América Latina aderem à CILA – Confederação Imobiliária Latino-Americana

O presidente do COFECI, João Teodoro da Silva, divulgou na manhã desta sexta-feira, em sua página pessoal no Facebook, que mais quatro países da América Latina aderiram à CILA – Confederação Imobiliária Latino-Americana. Equador, Honduras, Nicarágua e El Salvador se juntam à Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, México, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, Uruguai e Venezuela na Confederação.

O que é a CILA?

logo_cila_ant
Divulgação/Site Oficial da CILA

A CILA é uma Confederação cujo intuito é fortalecer o Mercado Imobiliário da América Latina. Segundo o site oficial da Confederação, ela funciona como uma integração de todos os países que estão filiados à confederação, servindo como órgão responsável por realizar qualquer tipo de “mediação, conciliação e arbitragem (sic) de solução de conflitos entre seus membros e o Setor de Serviços Imobiliários”.

O presidente João Teodoro declarou em publicação em sua página do Facebook que a CILA congrega cerca de 90% do PIB (Produto Interno Bruto) da América do Sul e cerca de 6% do PIB mundial. Além de mediadora das relações imobiliárias entre os países da América Latina, a CILA também elabora as normas de ética entre os profissionais existentes nos países latino-americanos.

Para fomentar a relação, e fortalecer a harmonia entre os países, a CILA organiza programas educativos, seminários, fóruns, congressos e cursos de atualização e aprimoramento contínuo dos profissionais da área imobiliária. Além disso, se faz presente nos congressos mundo afora com a finalidade de estimular o setor imobiliário latino-americano, demonstrando a sua marca além da fronteira com outros países.

Fontes: Site oficial da CILA e página oficial do Facebook do Dr. João Teodoro da Silva, presidente do COFECI

Realização: IBREPTEC – Setor de Tecnologia Educacional do IBREP

Brasil É Apresentado Pelo Cofeci Como Destino De Investimentos Imobiliários Em Conferência Imobiliária Internacional

12219460_1663042617302408_3932519114169758327_n
Além do Brasil, China, França, Grécia e Estados Unidos, os organizadores do evento, participaram da convenção. Imagem: Arquivo Pessoal de João Teodoro.

O Presidente do COFECI – Dr. João Teodoro da Silva – representou o Brasil no Oportunidades Globais – Eventos Atuais e Como Eles estão moldando o Mercado Imobiliário Mundial, evento realizado nos Estados Unidos no último sábado (13), no Centro de Convenções São Diego, localizado na cidade de São Diego, que faz parte do estado da Califórnia.

Além dos brasileiros, o evento contou, também, com a presença de grandes nomes do Mercado Imobiliário da Grécia, França, China e Estados Unidos. Cerca de 800 espectadores estiveram presentes no evento, que é parte da maior convenção do mundo de Corretores de Imóveis, organizada e realizada pela NAR – National Association of Realtors (Associação Nacional de Corretores de Imóveis).

João Teodoro aproveitou a oportunidade de apresentar o Brasil como destino de investimentos estrangeiros para o mercado imobiliário, patente que passa a ter destaque no cenário internacional. Segundo o presidente do COFECI, isto promove ainda mais o setor Imobiliário brasileiro e é uma das formas de apoiar o setor e valorizar ainda mais o seu profissional.

Realização: IBREPTEC – Setor de Tecnologia Educacional do IBREP

Fonte: Página oficial do Dr. João Teodoro no Facebook

Documentação necessária para regularização de um imóvel

É sabido por todos que uma negociação de um imóvel só estará regularizada caso este imóvel tenha todos os seus documentos levantados, não é mesmo? Isso se deve ao fato que o Corretor e o comprador devem estar seguros de que o imóvel tem condições de ser comercializado, ou seja, que sua situação frente aos órgãos públicos esteja regularizada. Mas você sabe quais são os documentos necessários?

Counting payments for homePara responder esta pergunta, o Blog do IBREP conversou com Maria Regina de Castro Busnello, graduada em Direito, com ênfase em Direito Imobiliário, Especialista em Direito das Obrigações e na Formação de Professores para o Ensino Superior. Confira o bate papo exclusivo aqui no Blog do IBREP:

Blog do IBREP: Professora, qual é o primeiro ponto a se observar na hora de regularizar um imóvel para sua comercialização?

Maria Regina: Quanto à documentação, existem inúmeras possibilidades de regularização de um imóvel. A situação que o imóvel se encontra vai definir quais documentos precisam ser levantados.

Blog do IBREP: Qual seria um exemplo, professora?

Maria Regina: O imóvel pode, por exemplo, não ter escritura e neste caso deve-se verificar qual documento justifica a posse.  Pode acontecer, também, da edificação não estar regular e nesta situação serão analisados documentos base, como a planta.

Blog do IBREP: E quais os documentos pessoais são solicitados, em geral, para o comprador e para o vendedor?

Maria Regina: São solicitados o RG, o CPF, um Comprovante de Residência e uma cópia da Certidão do Estado Civil, seja ela de nascimento ou casamento, todos em cópia simples, exceto o Comprovante de Residência.

Blog do IBREP: E em relação ao imóvel? Quais documentos são solicitados em geral?

Maria Regina: Em relação ao imóvel são solicitados a Cópia da Matrícula Do Imóvel, que deve ser expedida pelo Cartório de Registro de Imóveis, a Cópia do espelho do IPTU, a Cópia do último pagamento da taxa de condomínio (quando for o caso) e o Comprovante de pagamento de contas de energia elétrica e água.

Realização: IBREPTEC – Setor de Tecnologia Educacional do IBREP